skip to Main Content

Expansão do trabalho híbrido: qual o papel do RH?

Após a pandemia de COVID-19 no mundo, e a adaptação do trabalho presencial para o trabalho remoto, a ideia do trabalho híbrido vem sendo discutida como uma forma de atender a dor dos funcionários, e adaptar o trabalho para que a produtividade e o bem estar dos mesmos sejam o foco principal

O que é trabalho híbrido?

O trabalho híbrido é uma adaptação do trabalho remoto juntamente com o trabalho presencial, visando entender o que funciona melhor de colaborador para colaborador. É quando os colaboradores possuem autonomia para escolher como, quando e onde realizam suas atividades profissionais. 

Algumas pessoas produzem muito mais estando no escritório / ambiente de trabalho, enquanto outras são mais produtivas trabalhando em casa. Entender e respeitar a individualidade de cada indivíduo da equipe pode gerar um aumento considerável na produtividade da empresa. Para definir essa questão utiliza-se o termo ´´anywhere office´´.

Transição do trabalho presencial para o trabalho híbrido. 

A repentina mudança do trabalho presencial para o trabalho 100% remoto durante o período de pandemia, exigiu adaptações bruscas por parte tanto dos gestores da organização, quanto da parte dos colaboradores.

Misturar o ambiente de casa/descanso, com o ambiente de trabalho, enquanto estávamos privados de socializar e transitar pelos locais de costume, pode ter sido uma dificuldade muito grande para muitas pessoas que trabalhavam no ambiente corporativo.

Porém, sabemos que nós seres humanos somos extremamente adaptáveis a determinadas condições a que estamos submetidos. Sendo assim, boa parte dos colaboradores de grandes empresas que foram migrados para o home office conseguiram se adaptar à rotina, afinal, a redução de custo e tempo de deslocamento, por exemplo, é um grande ponto positivo desse formato de trabalho. 

Alguns se adaptaram tanto a produzir em casa, que preferem se manter dessa maneira. Apesar de haver um preconceito com o home office, causado por pessoas que acreditam que quem opta por trabalhar em casa está “enrolando´´, conforme o tempo foi passando, foi comprovado que algumas pessoas produzem sim melhor em casa, inclusive diversas empresas passaram a nem possuir mais um espaço físico, todo o trabalho esta sendo feito remotamente. 

Benefícios

A grande taxa de aderência ao trabalho híbrido não é à toa, existem diversos motivos que geram atração para esse modelo, a seguir vamos destacar alguns deles.

  • Aumento da qualidade de vida 

Sem dúvidas um dos benefícios mais marcantes é o ganho de qualidade de vida. Diminuir o tempo gasto em deslocamento nos dias em que o trabalho será remoto e poder almoçar em casa também, por exemplo, são práticas que trazem maior conforto na rotina dos colaboradores, além de possibilitar que passem mais tempo na companhia da família, consequentemente aumentando a qualidade de vida. 

  • Liberdade e flexibilidade para trabalhar de onde quiser

O paradigma de que as pessoas só são produtivas no trabalho quando estão no escritório é algo que deve ser derrubado. Como comentamos anteriormente, com a popularidade do home office no período de pandemia, muitos colaboradores se adaptaram a trabalhar de casa, e descobriram que são mais produtivos nesse formato. Nesse sentido, a flexibilidade e liberdade para trabalhar de onde quiserem é um benefício significativo para muitos. 

  • Redução de custos 

O custo com transporte e alimentação sempre é uma questão quando se trabalha fora de casa. A opção do trabalho híbrido possibilita reduzir esses custos, o que sem dúvidas é uma grande vantagem desse formato. 

  • Aprendizado para se manter organizado e trabalhar melhor com prazos  

Sem os gestores presencialmente dizendo o que fazer e como fazer, a responsabilidade de se organizar e otimizar os seus trabalhos para estar dentro do prazo surge de cada profissional. Isso incentiva uma maior organização por parte dos colaboradores. 

Quem também tem companhias que amam o home office? 

Desafios

Nem só de benefícios vive o trabalho híbrido… existem também alguns grandes desafios para que este modelo funcione bem, principalmente da parte da gestão da empresa. 

Para o início da carreira, o trabalho híbrido ou remoto pode ser um grande desafio, já que é uma etapa que exige bastante treinamento, para que o colaborador entenda o funcionamento da empresa e se adeque ao trabalho. Por esse motivo, nessa etapa é importante que em alguns momentos o presencial seja utilizado.

Outro grande desafio, e uma recorrente dúvida é de como controlar a quantidade de horas trabalhadas quando o trabalho está feito em home office. Não existe uma fórmula para isso, cada empresa irá se adequar segundo suas estratégias e convicções, mas sem dúvidas exige confiança por parte dos gestores e comprometimento por parte dos colaboradores. 

Trabalhar de casa não significa arcar com todos os custos e comprar todos os materiais que serão utilizados. Sendo assim, a empresa deve fornecer uma ajuda de custo ou materiais para que os colaboradores tenham um ambiente adequado para poder produzir sem precisarem se adequar a utilizarem poucos recursos. 

Manter a coesão da cultura organizacional também pode ser muito difícil quando alguns colaboradores não estão no ambiente corporativo. É preciso buscar alternativas que implementem essa consciência de pertencimento à equipe, mesmo trabalhando de casa. 

O papel do RH

Nesse período de pós-pandemia, e de adaptação do trabalho híbrido, deve ser um momento em que o RH se disponha a escutar e entender o que os colaboradores têm a dizer e se planejar baseando-se nisso. 

O departamento de RH, que exerce um papel de responsabilidade pelo bem estar dos colaboradores, é um elemento essencial nesse processo. Como citamos anteriormente, entender como melhorar a produtividade dos colaboradores e estar disposto a escutar suas dores durante este processo, pode garantir um grande sucesso nessa transição. 

É importante que exista uma ponte entre os colaboradores e gestores, para que ambos os lados consigam evoluir e produzir de forma que o progresso pessoal e da empresa seja o principal objetivo, sem passar por cima das dificuldades que cada um possui. 

Mostrar que o colaborador tem voz dentro da organização e deixá-lo a vontade deste o primeiro contato com a organização, são papéis muito importantes do setor de RH. 

Conclusão 

Nem todas as empresas possuem todos esses desafios ao executar o trabalho híbrido, mas sem dúvidas um desafio ou outro sempre irá surgir, por isso sugerimos uma transição calma e bem pensada, para que a produtividade do seu negócio não diminua, e para que todos possam se adaptar bem a este modelo. 

A RHGestor te ajuda a implementar um RH automatizado, o que possibilita que você, profissional de RH, possa investir mais tempo e dedicação em práticas voltadas para o bem estar dos colaboradores!

No nosso blog publicamos posts semanais voltados para o tema RH, você pode ler mais clicando aqui.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top