skip to Main Content

Como dar um feedback de sucesso?

Você sabe como fazer um Feedback de sucesso? Atualmente, no mundo corporativo, existem alguns termos que são de essencial conhecimento para quem atua em equipe, e o feedback é um deles. De maneira simplificada, o feedback atua como um retorno de uma pessoa para outra sobre sua performance.

De maneira prática, pode ser uma opinião sobre pontos como: o andamento de um projeto que você vem executando no trabalho, sobre a empresa onde você trabalha, caso seja um colaborador, ou dos seus funcionários, se você estiver em um cargo de liderança. 

O feedback exerce um papel muito importante na produtividade das equipes, se os colaboradores não souberem no que estão acertando ou precisando melhorar, irão continuar fazendo as coisas da mesma maneira, e isso consequentemente irá afetar o desempenho da equipe como um todo. Porém a recíproca também é verdadeira, os que exercem um cargo de liderança também cometem erros e precisam ter esse retorno para que tudo flua de forma mais leve e todos possam crescer juntos. 

Mas atenção: isso não significa que dar um feedback seja fácil! Avaliar uma pessoa requer cautela, e existem diversas formas de comunicar ao outro seu ponto de vista para melhorar o trabalho.

Por isso estamos aqui para te ajudar. Nesse artigo você aprenderá:

  • Os tipos de feedback: construtivo, negativo, corretivo e positivo.  
  • Como realizar um feedback: formal x informal.
  • A importância do feedback. 

Os tipos de Feedback 

Feedback Construtivo

O Feedback Construtivo é de extrema importância pois determina se a comunicação funciona bem em seu ambiente de trabalho, sem ele não há como o colaborador saber caso tenha feito algo fora do esperado. 

Para realizar esse tipo de feedback é muito importante que não sejam destacadas características que foquem em traços da personalidade do colaborador, mas sim na realização das funções que foram propostas, como o que ele pode melhorar para a próxima vez. Ele pode ser usado também para indicar quando uma atitude teve uma reação positiva mas que pode ter algumas alterações para ser ainda melhor.

Sempre é bom lembrar que quando falamos sobre algo construtivo, estamos falando não só sobre apontar um problema, mas também indicar como mudar e evoluir na próxima vez que for realizar a tarefa, por esse motivo o feedback construtivo é indispensável no desenvolvimento profissional.

Feedback Negativo

O feedback negativo é utilizado principalmente quando percebe-se falhas na execução do projeto por parte do colaborador, como: indisciplina e falta de comprometimento com sua função. 

Se comparado com o feedback positivo, sabemos que esse é muito mais difícil de realizar, mesmo sendo uma das funções do líder da empresa dar esse retorno aos colaboradores, não é fácil apontar atitudes que estejam atrapalhando o desenvolvimento da empresa.

Pensando nisso trouxemos algumas dicas de como amenizar essa tarefa difícil: 

  • Pontue a situação em questão: Lembre-se que o que está em pauta é a atitude em determinada questão, e não a personalidade do envolvido.
  • Tome cuidado com a forma de falar: Algumas pessoas pensam que   ́ ́sou responsável pelo que falo e não pelo que você entende“,  mas não é assim que funciona, sempre devemos ter cuidado para que a mensagem seja recebida da maneira desejável.
  • Diga o que poderia ter sido feito diferente: Aqui entra também o feedback construtivo, pois além de apontar o problema, deve se mostrar como pode ser feito para mudar ou melhorar. 
  • Use dados de apoio: Isso ajuda a nortear os objetivos da empresa e mostrar como determinadas mudanças de atitudes podem ajudar a alcançá-los.
  • Entenda o colaborador: O feedback nunca deve ser um monólogo, mas sim um diálogo, por isso, de abertura para que ele se sinta confortável para expressar sua opinião.   
Feedback Corretivo

Esse tipo de feedback, como o próprio nome já diz, serve para corrigir um comportamento inadequado por parte de um colaborador, o sentido é corrigir essa falha e conseguir um empenho maior dele. 

Para cumprir essa tarefa, é importante dizer que o papo deve ser sempre entre o líder e o colaborador, jamais deve acontecer na frente da equipe.

Uma boa forma de começar o feedback corretivo é reconhecer os resultados alcançados pelo colaborador, para deixar claro que a empresa acompanha também os feitos positivos, em seguida, mostrar como a situação pode ter sido conduzida de uma maneira que não cause aborrecimentos e apontar o que pode ter prejudicado o desempenho da empresa, e que pode melhorar em uma próxima vez.

Feedback Positivo 

Chegando no último tipo de feedback, temos o positivo. Embora a maioria das pessoas pensam que ele é mais fácil de ser realizado, nem todas as pessoas têm facilidade de reconhecer também os avanços positivos.

É importante pontuar que elogiar por elogiar nem sempre vai trazer progressos, podendo até deixar o colaborador confiante demais, levando-o a encarar o  trabalho com menos compromisso e aumentando a chance de cometer erros. 

Essa ferramenta, se realizada corretamente, é capaz de aumentar sua motivação e estreitar o vínculo entre a empresa e o profissional, melhorando o relacionamento interno e os processos em equipe. 

Como realizar um Feedback: Formal x Informal

Essa definição é importante para entendermos qual a melhor maneira de realizar o feedback, dependendo de cada empresa.

O feedback formal é o mais tradicional, geralmente acontece em uma reunião, onde é pontuado o que deve ser melhorado ou que esteja saindo como o esperado. São empregados em intervalos maiores, como uma vez por semana, a cada 15 dias, ou uma vez no mês.  

O feedback informal é mais regular, geralmente aplicado no dia a dia, continuamente, podendo envolver todos os colaboradores, não apenas entre o gestor e colaborador. O ideal é que sempre que houver críticas ou elogios a serem feitos, os colaboradores se sintam à vontade para realizar essa troca, de forma que agregue com a equipe. 

A importância do Feedback 

Atualmente, no online, acompanhamos diversas empresas usando o feedback de clientes para reforçar a visão positiva sobre seu produto ou serviço, fazendo até postagens com esse feedback, que normalmente é feito por mensagens ou publicações de clientes que utilizaram ou utilizam os serviços, isso mostra como a ferramenta funciona muito bem também de dentro para fora da empresa. 

Como você leu ao decorrer deste artigo, o feedback agrega de diversas maneiras na produtividade do seu negócio. A ferramenta demonstra que o líder de uma empresa está acompanhando o que está sendo desenvolvido dentro dela, além de gerar respeito entre os funcionários. 

Outro ponto relevante de ressaltar é a importância da sensação de recompensa ao receber um elogio por algo que você tenha se esforçado para realizar, gera uma determinação a mais para realizar o trabalho da melhor forma possível, nesse caso, o feedback positivo se faz mais que necessário para que essa troca aconteça.  

Não é fácil receber críticas, porém todos devem estar abertos a entender o que pode ser feito de diferente para melhorar o desempenho da equipe e o seu desenvolvimento individual como profissional. Dessa forma, sem feedbacks corretivos e negativos, raramente é possível que a empresa evolua. 

Baixe nosso Guia 7 passos para Feedback e obtenha um conteúdo exclusivo! Clique na imagem.
Conclusão

Neste artigo você aprendeu o que é feedback, quais os tipos mais importantes e a melhor forma de aplicá-lo. Agora você está pronto para dar e receber feedbacks que irão desenvolver os colaboradores

Aqui na RHGestor nós temos um módulo específico para Feedback em nosso sistema. Ele possibilita que as lideranças da empresa emitam PDIs e realizem feedbacks aos seus liderados de forma fácil e intuitiva. Todos os PDIs ficam registrados junto ao histórico de cada colaborador e o acompanha por todo o ciclo de vida na empresa. 

Ao dar um Feedback ou criar um PDI é possível vincular as competências que estão sendo trabalhadas e acompanhar o desenvolvimento da aderência do colaborador ao cargo contratado. 

Falando em feedback, que tal deixar o seu nos comentários? Conta pra gente o que você achou do nosso conteúdo, e assine a nossa Newsletter para ficar por dentro de outros conteúdos como esse clicando aqui 

    

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top