skip to Main Content

Employee Experience

Com o passar dos anos está ficando cada vez mais forte a ideia de que os colaboradores não são simplesmente empregados da organização, mas sim pessoas que demandam dedicação e um olhar humanizado, para que as relações se mantenham harmoniosas e evite conflitos. 

O que é Employee Experience 

Basicamente, Employee Experience quer dizer experiência dos empregados, e está focado na experiência dos colaboradores durante a sua jornada dentro da organização, desde o momento do processo seletivo até no desligamento.  

Ele é direcionado tanto no desenvolvimento pessoal quanto no coletivo, em como esse funcionário está se adequando ao dia a dia da empresa, as dificuldades que ele pode estar apresentando, e maneiras de solucionar essas questões. O colaborador se torna o foco principal das decisões tomadas pelo departamento de RH.  

É importante ressaltar que o principal propósito do Employee Experience é que os funcionários sintam satisfação e valorização nas atividades executadas, ao mesmo tempo em que são desafiados e instigados a crescer, além de muito importante para fidelizar os colaboradores e otimizar o trabalho da corporação. 

Employee Experience e Employer Branding 

Employer Branding traduzindo para o português significa marca empregadora, uma estratégia que tem como objetivo a construção de uma imagem positiva da empresa e a maneira como os funcionários enxergam o ambiente em que trabalham. 

É desenvolver estrategicamente a imagem que será passada para os colaboradores e candidatos. Parecido com desenvolver uma marca comercial, tendo como ponto principal pensar em como elevar o nível de satisfação dos colaboradores. 

O principal objetivo é criar uma marca forte e atrativa para os profissionais que a empresa deseja atrair e reter, além de criar consciência sobre o ambiente de trabalho e promover níveis de satisfação mais altos entre os colaboradores, juntamente com o engajamento e a produtividade. 

Employee Experience e Employer Branding estão diretamente ligados, enquanto o primeiro está focado na experiência do colaborador dentro da organização, o outro busca que a boa experiência do mesmo se converta em uma marca forte para reter talentos mais certeiros. 

Saiba mais sobre Employer Branding clicando aqui

Vantagens do Employee Experience

  • Maior engajamento e produtividade 

Entendendo sobre os colaboradores e o que precisam para desenvolver seu trabalho com eficiência, o próximo passo deve ser garantir que todos estejam alinhados em suas expectativas

Conhecer as pessoas que fazem parte da sua equipe permite que os incentivos sejam frequentes, e que eles se sintam abertos para dar sugestões e apontarem o que desejam que seja diferente durante sua trajetória.

O engajamento significa interesse, a pessoa que demonstra quando está contente com o rumo do seu trabalho é um colaborador que se importa com a sua vida profissional e com o andamento da organização.  

  • Aumento de acertos na atração e retenção de talentos 

Como o Employee Experience possui como principal objetivo a comunicação e transparência entre gestores e colaboradores, a tendência é que a taxa de rotatividade diminua, pois as divergências que possivelmente surjam podem ser resolvidas através do diálogo.  

Além disso, o Employer Branding acaba sendo um grande aliado nesse processo, já que com a afirmação de como a marca empregadora atua e quais são os perfis dos seus colaboradores, os candidatos acabam sendo direcionados de forma mais certeira. 

  • Melhora o clima da empresa

Promover um ambiente de trabalho onde os colaboradores se sintam à vontade com os gestores e os outros colaboradores é um fator crucial para um bom desenvolvimento da organização.

Pessoas que se sentem bem onde trabalham, não pensam em sair e realmente se dedicam em suas funções propostas, por esse motivo essa é uma das maiores vantagens do Employee Experience. 

  • Reduz custos com RH

Com a redução da taxa de rotatividade na empresa, o RH assume um papel cada dia mais estratégico, auxiliando nos negócios.

A redução da frequência de processos como recrutamento e seleção, treinamentos e desenvolvimento de planos de carreira, já reduz significativamente os custos do departamento de RH. 

Como implementar o Employee Experience em sua empresa

1 – Invista em People Analytics

People Analytics é uma metodologia que tem como princípio a coleta, a organização e a aná

lise de dados aplicada à gestão de pessoas, buscando ter uma visão mais estratégica do papel de cada colaborador dentro de uma empresa. 

Seu objetivo é melhorar a qualidade da tomada de decisão sobre os profissionais a partir da coleta e do cruzamento de informações relacionadas a eles. Assim, é possível tanto reconhecer um funcionário que se destaca quanto identificar problemas que estejam ocorrendo, como baixa produtividade, pouco engajamento, insatisfação, alto índice de rotatividade, entre outros. Para saber mais acesse: https://www.treasy.com.br/blog/people-analytics/ 

Sendo assim, aderir ao People Analytics permite conhecer melhor os colaboradores e os benefícios que ele trazem à empresa, e a partir disso investir em estratégias de motivação para o desenvolvimento da equipe. Essa pesquisa deve ser feita baseada em dados para que os resultados sejam certeiros. 

2 – Faça o desenho da jornada do colaborador

A jornada do colaborador é toda a trajetória que um funcionário percorre enquanto está trabalhando na empresa. 

É muito importante para a eficiência do Employee Experience, que a jornada seja traçada e analisada para que aconteça um acompanhamento da evolução do colaborador na organização. 

3 – Invista em benefícios

Hoje em dia os profissionais prezam por um bom ambiente de trabalho e por fatores que diferenciam o lugar onde trabalham de outras empresas, isso porque para se manterem atuais no mercado, investem em treinamentos e ampliação de suas qualificações, esperando justamente uma boa colocação no mercado de trabalho.  

Os benefícios, para além daqueles tradicionais, como os vales alimentação e transporte, são os grandes diferenciais nas empresas atualmente, o que atrai profissionais extremamente competentes e que se destacam em suas áreas de atuação. 

4 – Desenvolva seu time

Investir em treinamentos e cursos que estimulem o desenvolvimento da sua equipe, é um fator indispensável para o desenvolvimento de uma boa estratégia de Employee Experience. 

A Experiência da equipe não deve ser algo estático, promover sempre a mudança e evolução do seu time é também promover um maior desempenho da sua empresa, e consequentemente uma alta performance de resultados. 

Conclusão

Agora que você sabe o que é Employee Experience, quais são as suas vantagens, e como implementar ele na sua empresa, é hora de colocar em prática!

A RHGestor te ajuda a implementar um RH automatizado, o que possibilita que você, profissional de RH, possa investir mais tempo e dedicação em práticas voltadas para o bem estar dos colaboradores!

No nosso blog publicamos posts semanais voltados para o tema RH, você pode ler mais clicando aqui.

 

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top