skip to Main Content
Indicadores para gestores

Indicadores para gestores

Como já diz o nome, “indicador” é o que indica, dá conhecimento, serve de guia. Métricas são importantes para todas as áreas de uma empresa como forma de medir resultados e definir novas estratégias para o negócio. Sua principal função é demonstrar o desempenho de todos os âmbitos da gestão e definir os caminhos para um sucesso.

O primeiro passo é gerar esses indicadores. Este momento pode ser trabalhoso, mas se for automatizado com o passar do tempo será tarefa simples levantar esses números. A ideia é adotar uma periodicidade curta, preferencialmente nunca superior a 30 dias. Para exemplificar, acompanhar mensalmente o crescimento das vendas é aceitável, mas se este acompanhamento for diário a tomada de decisão será mais rápida e a tempo de recuperar o mal desempenho.

No caso dos gestores, bons indicadores são formas de tomar decisões mais assertivas e ágeis. E claro, não basta só levantar esses indicadores, mas também é preciso saber analisá-los. Saber onde está o problema e quais as melhores formas de resolvê-lo.

E você sabe no que deve ficar de olho?

Separamos alguns indicadores importantes para os gestores se atentarem.

  • Ticket Médio

O ticket médio é uma métrica que fornece detalhes sobre o valor médio das vendas por cliente. Ele é calculado somando as vendas em determinado período e dividindo pelo número de clientes.

  • ROI

Existe uma fórmula simples para o cálculo do ROI. Você deve subtrair a receita gerada por aquele investimento pelo custo dele. Em seguida, dividir o resultado pelo custo de investimento e, por fim, multiplicar por cem. Chegando, assim, à porcentagem de retorno sobre aquela ação. Essa é uma das métricas mais usadas para que a empresa consiga mensurar seus ganhos com os investimentos que realiza.

  • CAC

Custo de Aquisição de Clientes (CAC) é uma métrica de Marketing e Vendas que mostra o quanto um negócio está investindo para conquistar cada cliente. Esse custo de aquisição de clientes é o investimento médio em esforços diretos para conquistar um cliente. Na grande maioria das empresas, as áreas que atuam diretamente nesse processo são Marketing e Vendas, mas dependendo do negócio podem variar e muitas vezes ficar na mão de gestores diversos.

  • LTV

O Lifetime Value é o valor no ciclo de vida, ou seja, quanto em média seus clientes investem em seus produtos ou serviços durante o período em que eles se relacionam com sua empresa. É uma métrica que mostra a importância do investimento em práticas de retenção de usuários, criação de um departamento de sucesso do cliente e outras estratégias que reflitam na permanência do consumidor.

  • Rotatividade de funcionários

Não somente no RH, mas também muito utilizado por gerentes e gestores de algumas empresas, o turnover ou rotatividade de pessoal é o nome dado ao fluxo de entradas e saídas de funcionários em uma empresa. Esse índice é calculado a partir da relação entre o desligamento e a admissão de novos colaboradores que dependem ou não da relação com o gestor da área. Para calcular turnover é preciso considerar os desligamentos e as entradas de pessoas na empresa no período. O cálculo é bem simples: é necessário somar o número de admissões e o número de desligamentos, depois basta dividir por 2 e dividir ainda pelo número total de funcionários dentro da sua empresa.

  • NPS

Essa é uma metodologia que utiliza ferramentas de pesquisa e classificação para analisar o nível de satisfação dos clientes de uma empresa. Mesmo que você não tenha ouvido falar sobre NPS antes, provavelmente já teve contato com o principal instrumento dessa métrica: a pesquisa de satisfação. O NPS funciona porque a pessoa possui o poder de recomendar, ou não, produtos e serviços para um amigo ou familiar. Dessa maneira, a pergunta mede a probabilidade de recomendar, e não há um indicativo maior de satisfação dos clientes do que recomendar uma empresa para pessoas queridas já que elas gostaram de determinada coisa. Não é uma métrica medida com frequência, a não ser que a base de cliente seja muito grande. Sendo pequena, duas vezes ao ano é suficiente. E se for muito grande, vale a pena fazer a cada 30 dias.

O RHGestor é uma plataforma completa para Gestão de Pessoas que organiza e automatiza os processos de RH. Aproveite todo o seu potencial criativo do seu RH.

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top